Arroz: agentes recuam, mas preço permanece estável no RS

Foto: Divulgação
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

O ritmo de comercialização de arroz em casca está lento no Rio Grande do Sul. Segundo colaboradores do Cepea, indústrias e orizicultores têm demonstrado pouco interesse em negociar, cenário que foi reforçado pelo feriado da última sexta-feira (Independência do Brasil) e pelas frequentes chuvas no estado – que dificultam o carregamento, especialmente de arroz “livre” (armazenado nas propriedades rurais). Do lado comprador, agentes afirmam que as vendas aos setores atacadista e varejista seguem enfraquecidas e que há dificuldades no repasse das altas do casca para o arroz beneficiado. Orizicultores, por sua vez, seguiram retraídos, aguardando novas altas nos preços. Nesse contexto, as cotações do cereal mantiveram-se praticamente estáveis nos últimos dias. De 4 a 11 de setembro, o Indicador do arroz em casca ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, subiu ligeiro 0,2%, fechando a R$ 45,22/sc de 50 kg nessa terça-feira, 11.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Deixe uma resposta