Temperaturas amenas favorecem bem-estar das raças Jersey e Holandês

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Em todas as regiões das bacias leiteiras do Estado, as pastagens de inverno apresentam bom desenvolvimento vegetativo, com maior crescimento proeminente para o azevém. Além do pastoreio, as vacas recebem silagem de milho, casca de arroz e ração no cocho. De acordo com o Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (09/08), devido a muita umidade do solo, produtores tiveram que reduzir a carga animal nas pastagens, diminuindo assim os estragos do pisoteio animal. Mas a estiagem da semana passada já melhorou o estado das pastagens, que retomaram o crescimento.

Também ao redor das instalações houve melhorias com a diminuição do barro, reduzindo assim a dificuldade de acesso dos animais e mesmo dos caminhões para a recolha do leite. Registra-se a ocorrência de mamite devido ao barro. Houve casos de produtores que não conseguiram entrar com o maquinário nas lavouras para esparramar o esterco das esterqueiras. As esterqueiras estão com a capacidade máxima de armazenagem. Os rebanhos estão em boas condições sanitárias. Temperaturas amenas, como as que têm ocorrido no inverno gaúcho, favorecem o bem-estar das raças europeias (Jersey e Holandês) que predominam na maioria das regiões gaúchas.

Deixe uma resposta