(54) 3632 5485 contato@destaquerural.com.br

Dicas para evitar doenças respiratórias em bovinos

Pneumonia e outras doenças respiratórias podem acometer animais no pasto devido a chuva e frio intenso

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Em épocas de frio e chuvas é comum o gado ser acometido por doenças respiratórias. Entre elas, está a pneumonia. A identificação inicial dos sintomas é primordial para zelar pela saúde dos animais e produção na propriedade. Essas doenças respiratórias em bovinos são causadas por mudanças na fase de criação, alterações climáticas, que são muito comuns no Brasil, e transporte.

“Quando o produtor identificar sintomas como a febre que pode ser medida com termômetro, pelo arrepiado, chanfro quente ou seco, corrimento nasal, é preciso iniciar o tratamento com urgência”, explica José Carlos Ribeiro, consultor agropecuária da Boi Saúde – Pecuária Inteligente. Para tratamento, é importante diagnosticar o grau da doença para iniciar o uso de soro, medicamentos anti-inflamatórios e ivermectina. Mas sempre consulte um veterinário de  confiança para garantir o diagnóstico preciso e também a melhor forma de tratar seu gado corretamente.

Dicas para evitar doenças respiratórias em bovinos

– Evite manter os animais em piquetes excessivamente úmidos. Principalmente animais com problemas de cascos;

– Não mantenha os bezerros em piquetes desprotegidos de friagem e geadas. É importante um local com forragem para não deitem no chão em dias frios;

– Sempre que um bezerro nascer, garanta o consumo do colostro não só nas primeiras horas, mas nas primeiras semanas de vida. Depois separe esse bezerro dos demais animais, pois ainda não está com o sistema imunológico 100% firmado. Evite mantê-los em piquetes desprotegidos de friagem e geadas. É importante um local com forragem para não deitarem no chão em dias frios;

– Evite superlotar os piquetes. Toda vez que um animal for identificado com alguma doença respiratória, o separe dos demais e monitore todo o rebanho;

Entre os fatores de risco para as doenças respiratórias está a baixa imunidade dos animais, por isso é importante manter a sanidade durante todo o ano, pois em mudanças bruscas de temperatura, o gado estará protegido. “Uma das formas mais baratas e eficazes é a nutrição complementada por meio de suplementos. O fornecimento de sais minerais, vitaminas, fósforo, cálcio, entre outros elementos fortalece a imunidade e evita diversas doenças. Nem sempre a pastagem oferece a nutrição por completo, então o uso desses suplementos no cocho auxilia nessa proteção”, conclui Ribeiro que é pós-graduando de agronegócio pela SP/Esalq.

Deixe uma resposta