Região Sul sustenta crescimento da produção de leite

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

No 1º trimestre de 2018, a aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária (Federal, Estadual ou Municipal) foi de 6,0 bilhões de litros, primeiro aumento depois de três anos de quedas consecutivas entre os primeiros trimestres. Em relação ao trimestre imediatamente anterior, o volume foi 8,3% menor, mas 2,4% maior que o alcançado no mesmo período em 2017. O 1º trimestre é tipicamente caracterizado por uma queda sazonal da produção de leite, logo após o pico no último trimestre do ano. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

A aquisição de 140,80 milhões de litros de leite a mais em nível nacional, no comparativo do 1º trimestre de 2018 com o mesmo período do ano anterior, foi impulsionada por aumento em 15 das 26 UFs participantes da Pesquisa Trimestral do Leite. Os maiores incrementos ocorreram na Região Sul: se comparado com a captação no 1º trimestre de 2017, no Paraná foram 54,81 milhões de litros a mais, em Santa Catarina 50,13 milhões e no Rio Grande do Sul 23,88 milhões. O Pará teve a redução mais intensa (-11,75 milhões de litros).

Minas Gerais seguiu liderando amplamente a aquisição de leite, com 25,7% da aquisição nacional, seguido pelo Rio Grande do Sul (13,7%) e pelo Paraná (11,7%).

Deixe uma resposta