Frango: China coloca em vigor nova taxa e deixa setor receoso

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Agentes da cadeia de avicultura de corte consultados pelo Cepea estão receosos com as incertezas relacionadas às transações no mercado internacional. Recentemente, a China, o terceiro maior parceiro comercial do Brasil, colocou em vigor sobretaxas provisórias sobre a proteína de frango brasileira, que podem variar de 18,8% a 38,4%. Sob a alegação de que produtores/indústrias chinesas estariam sendo prejudicados por importações realizadas a preços abaixo do mercado, o anúncio do país asiático, em sobretaxar a carne de frango procedente do Brasil, impactou significativamente as expectativas de agentes nacionais, que aspiravam uma retomada de fôlego. A maior preocupação está atrelada ao fato de o mercado doméstico não conseguir absorver todo o volume de carne de frango produzida. Dentre todas as proteínas brasileiras, a de frango é a que apresenta maior dependência das exportações para enxugar a oferta excedente. Em relação aos preços do frango inteiro, seguiram em alta na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea, especialmente nas do Sul do País. O impulso vem da procura ainda elevada, devido ao período de início do mês e de normalização de estoques, dado o desabastecimento das redes atacadistas e varejistas no período de paralisação dos caminhoneiros.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Deixe uma resposta