Cooperativas gaúchas criam novos mix de produtos aos consumidores

Associadas da FecoAgro/RS buscam alcançar agregação de valor de forma a beneficiar cooperados

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado
Nos próximos anos, o grande objetivo das cooperativas é agregar valor na sua produção. O setor está expandindo os seus negócios, originando 50% da safra de soja, 60% da safra de trigo, além de um bom percentual de milho e arroz. No leite é responsável por 45% da produção do Rio Grande do Sul e nessa atividade há muita agregação de valor com a industrialização do produto. As cooperativas também atuam muito forte na proteína animal, aves e suínas.
O presidente das Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), Paulo Pires, afirma que hoje existe uma grande preocupação por parte do setor em agregar valor à produção. Salienta que esse é o compromisso de uma cooperativa que quer ser protagonista. “Desde o momento em que nós estamos reunidos em um sistema cooperativo, em que os produtores estão agregados numa ideia cooperativa, existe esse compromisso de ser protagonista”, observa, destacando que o trabalho realizado em Bento Gonçalves (RS) durante o último encontro de dirigentes de todas as cooperativas, sinalizou eixos e o que foi unânime é a agregação de valor.
Pires lembra que apesar do número de cooperativas ter diminuído no Estado, nos últimos anos, a importância econômica do setor aumentou muito e as cooperativas hoje têm lastro forte de faturamento, de capacidade de endividamento e de domínio de tecnologia de gestão para agregar valor. ‘Eu não tenho dúvidas que algumas cooperativas já estão fazendo de uma forma muito forte a agregação de valor, mas essa é a grande meta do final desse decênio de 2010-2020. O objetivo das cooperativas é agregar valor na produção que seu associado lhe entrega de uma forma primária e em um processo de industrialização que, a nosso ver, precisa de muita cooperação, com projetos industriais intercooperativos. Entendo que o grande objetivo é ser protagonista na sociedade em que estamos”, destaca.
Nas últimas semanas pelo menos dois produtos de cooperativas foram anunciados no mercado. A Cotripal, de Panambi (RS), apresentou uma carne de hambúrguer para sua linha Angus Supreme, já temperada e rica em Ômega 3. E a Cotrirosa, de Santa Rosa (RS), lançou no seu mix de produtos uma linha de feijão premium selecionado criteriosamente e com grãos nobres.

Deixe uma resposta