Curso de Produção de Soja é oportunidade de atualização

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Em 2018, a Embrapa Soja irá promover o primeiro módulo do Curso de Produção de Soja com foco em aspectos do manejo do solo e da cultura, entre 23 e 27 de abril, em Londrina (PR).  O curso objetiva atualizar e capacitar técnicos e produtores sobre as tecnologias de produção de soja e, assim, auxiliar na promoção de melhorias no manejo do sistema produtivo. A carga horária será de 36 horas e estão sendo ofertadas 35 vagas. “O curso terá aulas teóricas e práticas e a interação entre os participantes do curso é extremamente importante e estimulada durante as atividades”, diz o coordenador do curso e pesquisador da Embrapa Soja, André Prando. “As visitas e as aulas práticas são oportunidades de aprendizado”, ressalta.

Segundo Prando, a programação prevê o debate sobre o manejo de plantas daninhas com destaque para aspectos de biologia e da identificação de plantas daninhas e mecanismos de ação de herbicidas, entre outros aspectos relevantes. Também terá destaque no curso a avaliação da fertilidade de solo, com ênfase para a correção da acidez e a apresentação dos critérios para a recomendação de adubação. Além disso, o curso apresentará informações sobre diagnose nutricional como estratégia para apontar os sintomas de deficiência/toxicidade de nutrientes.

Prando explica que um dos pontos a ser destacado na programação é a Fixação Biológica do Nitrogênio, tecnologia que pode melhorar continuamente os rendimentos da soja. Segundo dados da Embrapa, a reinoculação anual para fixar nitrogênio nas plantas aumenta, em média, 8% a produtividade das lavouras de soja. Também será abordada tecnologia de coinoculação. A tecnologia combina a inoculação das sementes de soja com bactérias fixadoras de nitrogênio (N), conhecidas como rizóbios, com o uso do Azospirillum, uma bactéria promotora de crescimento.

O curso prevê também a abordagem de temas como o manejo e a conservação do solo e da água, assim como a instalação da lavoura com foco em arranjos espaciais de plantas. Outro diferencial da programação será a integração lavoura pecuária, que é uma estratégia de produção que integra diferentes sistemas produtivos, agrícolas e pecuários dentro de uma mesma área. Esta forma de sistema integrado busca otimizar o uso da terra, elevando os patamares de produtividade, diversificando a produção e gerando produtos de qualidade.

Para finalizar o conteúdo programático haverá a apresentação sobre a classificação e a armazenagem dos grãos e as principais estratégias existentes para monitorar e reduzir as perdas durante o processo de colheita. O segundo módulo do curso, que será sobre manejo fitossanitário, será realizado em novembro.

Informações e inscrições pelo site do evento: www.embrapa.br/soja/cursodeproducao

Deixe uma resposta