19ª Expodireto Cotrijal é lançada em Porto Alegre

Evento no Hotel Plaza São Rafael reuniu autoridades e entidades ligadas ao agronegócio.

Ana Cláudia Capellari

A Expodireto Cotrijal, uma das feiras mais aguardadas pelo agronegócio brasileiro, foi lançada na manhã de hoje (06), em uma cerimônia na capital gaúcha. Na sua 19ª edição, que ocorrerá entre os dias 05 e 09 de março de 2018, a Expodireto consolida-se como referência para o agronegócio nacional e reafirma sua importância no cenário mundial agrícola e pecuário.

Diante de autoridades, dentre elas o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica abriu oficialmente os trabalhos que caminham para a realização da feira. De acordo com Mânica, a expectativa é de repetir o bom resultado de 2017 e projeção de aumento de 20% nos negócios realizados durante a feira, mesmo em um ano de eleições. “Estamos em um ano bastante importante na economia. Apesar das eleições, o agronegócio não para, é preciso continuar produzindo, as empresas estão investindo em tecnologia e o nosso papel é investir em pesquisa, em aumento de produtividade”, afirmou.  O presidente da Cotrijal ainda ressaltou que a perspectiva de um bom desenvolvimento da safra do Rio Grande do Sul irá ajudar a realização dos negócios.

Nesta edição, mais de 500 expositores terão a oportunidade de levar ao produtor rural o que há de mais moderno em agricultura, pecuária, gestão e informação.  Para este ano, 240 mil pessoas são esperadas no parque da Expodireto Cotrijal.

Para Sartori, a feira é um dos símbolos de força e expressão que o campo possui. Ainda destacou em entrevista coletiva que um dos diferenciais do evento é a possibilidade de estar em contato com pessoas de diversos países. Em 2018, delegações de mais de 70 países são esperadas para trocar informações e formalizar negócios. “Esse é um exemplo que eu só vi no Rio Grande do Sul, já fui a outros lugares e em outros momentos e as delegações internacionais é uma marca da Expodireto”, finalizou.

 

Palco de debates 

Desde a criação da Expodireto, uma das características da feira é ser um local onde debates sobre a cadeia do agronegócio possam acontecer. Na edição de 2018, o tema agricultura sustentável e formas de inovações no campo terão lugar de destaque na audiência pública do Senado Federal, tradicionalmente realizada no último dia do evento em Não-Me-Toque.

 

Pequeno Produtor

A Expodireto propicia um ambiente onde o pequeno, o médio e o grande produtor podem encontrar oportunidades de negócio e empreender nas suas áreas. Mânica ressaltou que o pequeno produtor tem, durante o evento em Não-me-Toque, a chance de buscar uma diversificação nos trabalhos. “O pequeno produtor que fica focado em commodities, grãos, ele não tem uma sobrevivência no campo, precisa buscar uma diversificação, mas para isso ele precisa ter um perfil empreendedor. É oferecido a ele uma oportunidade de olhar tudo o que é feito, o pavilhão da Agroindústria Familiar é um exemplo, a assistência que a Emater faz também e a partir disso buscar soluções para a sua propriedade”.

Para o presidente da FecoAgro, Paulo Pires, o pequeno produtor pode esperar da Expodireto uma feira complexa e dinâmica. “A feira sempre tem um espaço para difundir e mostrar o que o que se faz na agricultura familiar no mundo todo, a Expodireto tem uma preocupação forte com as questões da agricultura familiar e o cooperativismo em si é sinônimo disso, só no Rio Grande do Sul 85% dos associados da FecoAgro são agricultores familiares”, finalizou.

 

 

SERVIÇO

QUANDO: 05 a 09 de março de 2018

ONDE: Parque da Expodireto Cotrijal, Não-Me-Toque, ERS 124 km 24

 

Deixe uma resposta