Previsão de chuva nos últimos dez dias do ano na Metade Sul

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

As chuvas que estavam sendo previstas para o último final de semana até vieram a ocorrer, porém de forma muito irregular e principalmente de baixa intensidade. Isso manteve uma condição ainda não tão favorável à elevação dos níveis de umidade do solo, ampliando assim os níveis dos reservatórios. Porém, para a cultura do arroz, as condições ainda se mantêm favoráveis, já que essa ausência de chuvas ainda não vem causando danos à cultura. A informação é do Instituto Climatempo, em seu boletim semanal especialmente produzido para o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga).

Para as áreas de soja, entretanto, essa ausência de chuvas mantém os produtores em forte apreensão, já que os níveis de umidade do solo, associado ao forte calor, têm prejudicado o pleno desenvolvimento das lavouras. E segundo os mapas de previsão, as chuvas mais regulares e até mesmo em bons volumes só deverão voltar a ocorrer sobre as principais regiões produtoras de arroz e soja da Metade Sul do Estado a partir de quarta (20) para quinta-feira (21).

Assim, tanto essa segunda (18) quanto a terça-feira (19) serão marcadas pelo tempo quente e seco. O que poderá trazer ainda mais apreensão junto aos produtores. Entretanto, os últimos dez dias de dezembro deverão ser marcados por chuvas mais regulares e até mesmo em bons volumes, permitindo assim, que as condições ao desenvolvimento de todas as culturas voltem a ser favoráveis. Além disso, os mapas de previsão do tempo mostram chuvas mais regulares e até mesmo em bons volumes ao longo de janeiro. Confira a previsão do tempo diariamente no site do Irga clicando aqui.

Deixe uma resposta