Cultivar da Embrapa amplia potencial de rendimentos da soja no RS

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

A produtividade média da soja tem crescido 3,5% ao ano no Rio Grande do Sul. Somente na última safra, o aumento no rendimento foi de 390 quilos por hectare (6,5 sacas) em comparação com o ano anterior. Grande parte deste resultado pode ser atribuído a oferta de cultivares de soja mais produtivas, associadas ao clima favorável e a técnicas de manejo mais eficientes. A cultivar BRS 5601RR superou 80 sacos por hectare (sc/ha) em algumas lavouras gaúchas.

Nos últimos 20 anos, a taxa de crescimento da área de soja no Rio Grande do Sul foi 3,9% enquanto que a produção cresce 10,4% a cada ano.  O incremento na produtividade foi de 57,5 kg/ha por ano. Os números fazem parte do estudo “Análise da área, produção e produtividade da soja no Brasil em duas décadas (1997-2016)”, publicado recentemente pela Embrapa Soja.

Na safra 2016/2017, segundo a CONAB, foram cultivados 5,5 milhões de hectares de soja no Estado, com média de produtividade próxima aos 50 sc/ha. Contudo, altos rendimentos na soja são cada vez mais frequentes, com desafios para atingir os 100 sc/ha. “O equilíbrio está no SGG – solo, genética e gente”, orienta o produtor Adalberto Coimbra, diretor da Agros. A escolha do produtor tem sido por cultivares de ciclo curto e com boa sanidade, que ficam menos tempo expostas a doenças e estiagens. O manejo do solo, com correção de nutrientes e livre da compactação, garante melhor enraizamento da soja e rápido desenvolvimento das plantas. O acompanhamento diário da lavoura, com uso de tecnologia de informação, assegura os bons resultados mesmo em anos de clima adverso.

Na safra, 2016/2017, Adalberto Coimbra investiu em 15 cultivares de soja. A BRS 5601RR foi destinada a 240 hectares, em cinco ambientes nos Rio Grande do Sul, nos municípios de Jóia, Quatro Irmãos, Entre Rios, Rio Pardo e Santa Maria. A estabilidade da cultivar trouxe rendimentos de 82 sc/ha na região norte do Estado, posicionando a BRS 5601RR como a cultivar mais produtiva entre as demais conduzidas pelo Grupo Agros.

Saiba mais no vídeo com o produtor Adalberto Coimbra, produzido em março deste ano (2017) na lavoura de 70 hectares em Entre Rios, RS:

Na produção de sementes, os melhores rendimentos com a cultivar BRS 5601RR foram de 87 sc/ha, alcançados pelo produtor Roque Verner Becker, em 116 hectares da cultivar em Salto do Jacuí, RS, resultado repetido (87 sc/ha) também pelo produtor Ronaldo Bonamigo, em 56 hectares em Cruz Alta, RS. Em Panambi, RS, a cultivar atingiu 82 sc/ha (Cotripal e Van Ass). Veja outros resultados aqui.

De acordo com o pesquisador da Embrapa Trigo, Paulo Bertagnolli, a soja BRS 5601RR foi desenvolvida para atender a demanda dos produtores por cultivares capazes de somar características como ciclo precoce, alto potencial produtivo, hábito de crescimento indeterminado, estatura de planta baixa e sanidade. A comercialização de sementes está a cargo da Embrapa Produtos e Mercado escritório de Passo Fundo.