Expectativa é de queda nos preços do leite em outubro

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Segundo estudo, ações como restauração de florestas e proteção de biomas podem contribuir para mitigação das mudanças climáticas tanto quanto a eliminação da queima de petróleo

O preço do leite no Rio Grande do Sul deve fechar outubro com queda de 3,3%. A estimativa é feita pela Conseleite, que projeta o valor de referência de R$ 0,8267 para este mês. Para o presidente da entidade, Alexandre Guerra, essa tendência já está em processo de reversão com as recentes medidas anunciadas pelo governo, com a suspensão das importações do Uruguai.

A expectativa para os próximos meses é de recuperação de preços. Neste final de outubro, indica Guerra, já teve início o tradicional período de queda de captação de leite no Rio Grande do Sul, em valores próximos a -9%, o que sinaliza um freio na redução dos preços verificada nos últimos meses.

Segundo Guerra, o setor lácteo nunca viu um cenário como o de 2017, que resultou em achatamento do mercado. “Além da entrada de leite por meio de importação, viu-se aumento de 11,40% na produção de janeiro a junho, e queda de 4,5% no consumo em função da crise, o que não se resume apenas à demanda por leite fluido, mas de produtos que levam leite como massas, biscoitos e chocolates, inclusive no varejo”.

Deixe uma resposta