Chuvas voltam com força ao Sul do Brasil e com alerta de novas tempestades

As chuvas avançaram pelo Brasil nos últimos dias, mas instabilidades seguem sendo vistas no Sul do país. Inclusive, com tempestades e perigo, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Nos últimos dias, as fortes chuvas e vendavais já provocaram perdas na safra de grãos do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Muitas áreas da região têm volumes acima da média do mês de outubro.

Em alerta, o Inmet aponta risco com tempestades nos três estados do Sul, em áreas na divisa com Paraguai e Argentina. “Chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 Km/h), e queda de granizo. Risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos”, informou o instituto. O aviso vale para até às 11h.

As chuvas já estão acima da média para o mês de outubro em diversas cidades. Segundo a Climatempo, Curitiba já acumulou 160 mm de chuva em 24 dias, total que está 19% acima da média para o mês. Em Florianópolis choveu quase 100 mm em 24 dias e a chuva de outubro está 21% abaixo da média para o mês. Em Porto Alegre, a chuva de outubro já estava 139% acima da média na manhã do dia 24. O total acumulado era de aproximadamente 273 mm.

A previsão para os próximos dias é de que as chuvas continuem. Os produtores da região devem estar atentos às condições específicas. Nas últimas semanas, perdas foram registradas em áreas de soja, milho, trigo e tabaco. De acordo com mapa de previsão acumulada da Climatempo, são esperados cerca de 100 mm ou mais de chuvas entre 25 e 29 de outubro em diversas áreas do Sul.

Previsões mais estendidas, de Institutos Americanos, mostram um cenário bastante animador para todo o Brasil, com chuvas em bons volumes ( entre 50mm até 150 mm) do Sul ao Centro do país.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada de 25/10 a 29/10:

Fonte: Climatempo

Deixe uma resposta