Custos de produção do agronegócio registram queda em setembro

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Os preços dos agroquímicos foram responsáveis pela retomada da trajetória de queda nos custos de produção do agronegócio. A variação entre setembro e agosto de 2017 foi de -0,94%, conforme o Índice de Inflação dos Custos de Produção (IICP), divulgado pela assessoria econômica do Sistema Farsul nesta terça-feira, dia 17.

O acumulado do ano e dos últimos 12 meses também apontam deflação de -5,64% e -4,24%, respectivamente. Os menores valores dos fertilizantes, herbicidas e fungicidas influenciaram diretamente no resultado. A lavoura de trigo foi a que registrou maior queda, com -4,6%.

Já os preços pagos ao produtor apresentaram aumento de 1,60%, depois de resultado negativo em agosto. Apesar de uma retração significativa em muitos preços, especialmente arroz e leite, o bom desempenho do milho (5,24) e do frango (4,49%) garantiram o resultado positivo do Índice de Inflação dos Preços Recebidos pelo Produtor (IIPR).

Na comparação entre o IICP e IPCA alimentos, temos a desaceleração do primeiro, enquanto o segundo se mantém inflacionada. Já na relação entre IIPR e IPCA Alimentos, mais uma vez é comprovado não haver proximidade entre eles a curto prazo. Mas já há uma tendência de alinhamento em um período mais longo.

 

Confira relatório completo dos índices de inflação

Deixe uma resposta