‘Grande Campeão’, título para toda raça

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Julgamento do gado da raça Guzerá foi destaque no quarto dia da 40ª Expointer

Há seis anos, Antônio vem da cidade de Curvelo – Minas Gerais – participar da Expointer. Nesta edição da feira viu a vaca de seu maior destaque levar o título de ‘Grande Campeã’ da raça Guzerá. Para Antônio, o mercado da raça Zebu é importante. “Um mercado que não é tão amplo para o Zebu, mas crescente para essa raça. A gente sabe que a pecuária brasileira também precisa do sangue zebuíno. Aqui no Sul existe menos quantidade, mas o Zebu é importante por ser resistente ao carrapato e ser um animal mais rústico. Então uma pitadinha de Zebu aqui, principalmente do Guzerá, é sempre bom” – explica. “A gente que é mineiro sabe que o importante não é só falar da qualidade, mas mostrar também. Então como diz São Tomé, é sempre bom ver para crer”, completa o produtor.

Desde que começou a trazer animais para participar de competições na Expointer, Antônio sempre levou títulos importantes. Para esta edição da feira, ele ressalta não a importância do título, mas sim a oportunidade de mostrar aos gaúchos que o gado Guzerá é de muito boa qualidade. “Aqui não tem disputa. O mais importante é mostrar as qualidades zootécnicas da raça para os gaúchos: conformação, precocidade sexual, produção de leite, qualidade dos terneiros. Então o mais importante aqui é ter uma vitrine da pecuária nacional, nesse caso da raça Guzerá”.

A raça Guzerá é pertence à família do Zebu e considerada de dupla aptidão: produz carne e leite.

Para um dos julgadores do concurso, o animal que vai receber o maior título deve ficar longe de extremos. “A gente busca animais funcionais. Animais que produzem bem, que convertem bem o alimento em carne, no caso bovinos de corte. E animais que se adaptam bem ao ambiente e que exigem o mínimo possível de combate a hectoparasitas e parasitas”, explica o médico veterinário e também julgador de gado da Expointer, Adriano Vaz de Lima.

Deixe uma resposta