EXPOINTER 2017: Leilão da Boa Vista alcança R$ 1,61 milhão em vendas

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado
Destaque da noite foi a comercialização de uma égua pelo valor de R$ 150 mil
O leilão da Cabanha Boa Vista, de Vacaria (RS), contou com várias estrelas da raça Crioula na noite desta segunda-feira, dia 28 de agosto, durante a Expointer. O remate ocorrido no Tatersall do Cavalo Crioulo no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), alcançou faturamento de R$ 1,61 milhão com a comercialização de 39 lotes. As vendas iniciaram com a oferta de uma cota de 5% do Freio de Bronze 2017 Peñarol da Boa Vista, comercializada por R$ 50 mil.
Segundo o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, responsável pela comercialização no recinto durante a noite do evento, o remate surpreendeu positivamente pelo alto valor atingido e mais uma vez a liquidez foi confirmada, mostrando a tendência de bons negócios na raça Crioula. “Tivemos o melhor leilão até agora da Expointer, com a maior média da  em ra até o momento”, destacou.
O lote mais valorizado do leilão foi a égua Quadra II de Campo da Boa Vista, filha do garanhão Equador de Santa Edwiges e prenhe do exemplar mais valorizado da raça Crioula, JLS Hermoso, vendida a R$ 150 mil. A média da noite ficou em R$ 43,58 mil. Um terça da oferta foi absorvida por compradores de países como Argentina e Uruguai, atraídos pelo fato de a Boa Vista ser octacampeã da Copa dos Criadores da ABCCC.

Deixe uma resposta