Argentina vai plantar 6% mais milho

Foto: Reprodução
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Depois de crescer aproximadamente 30% nesta safra, a área de milho da Argentina deve crescer aproximadamente 6% na próxima temporada para 5,4 milhões de hectares, de acordo com a Bolsa de Cereais de Buenos Aires. A projeção chama a atenção em função dos baixos preços do cereal no mercado internacional, observa o Blog AgroSouth News.

O principal crescimento de área deve acontecer nas fronteiras agrícolas do Norte do país vizinho e na província de Córdoba. Com o excesso hídrico, os produtores “cordobeses” devem reduzir a área de amendoim e substituir por milho.

Outra razão seria a necessidade de rotação de culturas, a continuidade dos impostos de exportação sobre a soja e o fim das incertezas políticas, segundo analistas da Bolsa de Cereais. No domingo passado, o governo Macri venceu as eleições primárias legislativas nas cinco principais províncias do país.

“Com a perspectiva de vitória do governo e formação de maioria, é certeza de políticas amigáveis ao setor. A pecuária deve empurrar a demanda interna por grãos e o governo deve seguir buscando novos mercados externos. Passamos de um momento de otimismo para um momento de euforia do produtor”, concluiu Estebán D’Ápice, analista da Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

Deixe uma resposta