(54) 3632 5485 contato@destaquerural.com.br

Programa de certificação beneficia produtores brasileiros

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado
  • A segunda etapa do Produzindo Certo tem como objetivo reconhecer 250 mil toneladas de soja sustentável produzida
  • O selo RTRS abre portas para mercados externos mais exigentes
Com a perspectiva das Nações Unidas de que em 2050 a população mundial será de 10 bilhões, aumenta a demanda pela produção de alimentos seguros do ponto de vista socioambiental. Ciente da importância e dos cuidados com a segurança alimentar, pelo segundo ano consecutivo, o Programa Produzindo Certo, fruto da parceria entre Bayer, Unilever, Yara, Santander e Aliança da Terra, visa promover a certificação de soja de acordo com os padrões da Round Table Responsable Soy (RTRS), uma Associação Internacional de Soja Responsável.

Criada na Suíça em 2006, a Associação Internacional de Soja Reponsável ganhou reconhecimento internacional e hoje é uma porta de entrada para o comércio de soja nos mercados mais exigentes do mundo como o europeu. Para obter a certificação RTRS é necessário cumprir com as leis e boas práticas empresariais, estar de acordo com as leis trabalhistas, ter responsabilidade com a comunidade e o meio ambiente, além de práticas agrícolas adequadas.

Segundo Fabrício Freitas, coordenador operacional da Aliança da Terra, no primeiro ano do programa 38 propriedades da região de Rio Verde (GO) e Uberlândia (MG) conquistaram a RTRS. “A certificação atesta uma produção responsável. O produtor certificado tem a certeza de que cumpre com os três pilares da sustentabilidade: econômico, social e ambiental”, afirma o gerente de agronômia da entidade.

O Produzindo Certo é promovido pela Aliança da Terra, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), em parceria com as empresas para identificar os produtores potenciais, avalia as propriedades e entrega um plano de ações corretivas com sugestões de melhorias que podem ser feitas na gestão da fazenda para que a produção esteja adequada aos padrões internacionais e atinja novos mercados no momento da exportação. Uma vez realizado o plano de ação, as propriedades são auditadas e, se aprovadas, recebem o selo da Round Table Responsable Soy. A última auditoria ocorreu em julho deste ano em 45 propriedades nos estados de Goiás e Minas Gerais, incluindo as fazendas já certificadas que pretendem a renovação do selo. A próxima está prevista para julho de 2018.

Neste projeto, cada empresa parceira contribui dentro de sua área de expertise. A Bayer, por exemplo, atua diretamente no campo. A empresa coloca à disposição soluções integradas para o manejo das lavouras e sua plataforma de Programa de Pontos para apoiar os produtores nas melhorias a serem realizadas nas propriedades. “Queremos disseminar as boas práticas agrícolas entre os produtores e ampliar o número de soja sustentável produzida no país e contribuir para a sustentabilidade no setor”, explica Cristiane Lourenço, gerente de Desenvolvimento Sustentável e Parcerias na Cadeia de Valor da Bayer.

Segundo o consultor externo da Round Table Responsable Soy (RTRS), Cid Sanches, essa certificação é considerada a mais rígida em termos de sustentabilidade na cadeia da soja. “O programa identifica produtores com potencial para obter a certificação e a partir de uma única auditoria esse grupo é avaliado, resultando em um menor custo”, destaca.

Conheça os resultados da primeira etapa desta iniciativa e os benefícios junto aos com agricultores de soja no campo em:

Conheça os parceiros do Programa Produzindo Certo:

Aliança da Terra – Responsável por fornecer apoio técnico aos produtores rurais, auxiliando-os a preparar a propriedade de acordo com os padrões socioambientais para receber a certificação.

Bayer – Coloca à disposição soluções integradas para o manejo das lavouras e seu programa de serviços para apoiar os produtores nas melhorias a serem realizadas nas propriedades.

Unilever – A Unilever apoia produtores de soja a adotarem práticas de agricultura sustentável, trabalhando com a Aliança da Terra e demais parceiros axiliando nesta transição, ajudando esses produtores a obterem a certificação RTRS.

Santander – Da maior agilidade à avaliação de crédito do produtor participante para o financiamento das suas atividades agropecuárias, por meio das linhas de Crédito Rural, CPR oou Repasses do BNDS (Ex: Linha ABC, ModeraAgro, ModerInfra, etc) priorizando o atendimento a estes clientes.

Yara – Seus técnicos priorizarão as propriedades do programa em suas visitas, dando todo o apoio necessário para a melhor nutrição das plantas, com assistência técnica personalizada.

Bayer: Science For A Better Life (Ciência para uma Vida Melhor)
A Bayer é uma empresa global focada em Ciências da Vida nas áreas de cuidados com a saúde humana e animal e agricultura. Seus produtos e serviços são desenvolvidos para beneficiar as pessoas e melhorar sua qualidade de vida. Além disso, a companhia objetiva criar valor por meio da inovação. A Bayer é comprometida com os princípios do desenvolvimento sustentável e com suas responsabilidades sociais e éticas como uma empresa cidadã. Em 2016, o grupo empregou cerca de 115 mil pessoas e obteve vendas de € 46.8 bilhões. Os investimentos totalizaram € 2.6 bilhões e as despesas com Pesquisa & Desenvolvimento somaram € 4.7 bilhões. Esses números incluem os negócios de polímeros de alta tecnologia, que foram lançados no mercado de ações como companhia independente nomeada Covestro, em 06 de outubro de 2015.

Para mais informações, acesse www.agro.bayer.com.br.

Deixe uma resposta