Conab realiza nova etapa de fiscalização de estoques públicos e privados

Foto: Divulgação
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Até 18 de agosto, os estados de Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Distrito Federal receberão técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a fiscalização de estoques públicos e privados. Nesta sexta etapa, espera-se vistoriar 96.431 toneladas de produtos em 44 armazéns. Em Minas Gerais e em Santa Catarina, também haverá cadastramento de novos armazéns.

Os produtos vistoriados são arroz, feijão, café arábica, milho, farinha de mandioca, trigo e produtos manufaturados. Os fiscais observarão, entre outros quesitos, as condições de armazenagem e conservação e a quantidade de grãos armazenados.

VER MAIS: Conab vai adquirir 2,88 mil toneladas de alimentos da agricultura familiar

VER MAIS: Estudo da Conab mostra que tecnologia é a solução para produtividade da soja

VER MAIS: Conab vai reabastecer estoques públicos de cestas de alimentos

Nas etapas anteriores, foram inspecionados 314 armazéns localizados em todas as unidades da federação. Nas vistorias, os técnicos da Conab fiscalizaram aproximadamente 2,2 milhão de toneladas de produtos e registraram perdas de mil toneladas de café e milho por quebra de umidade e quebra técnica e desvios de 2,49 mil toneladas de milho.

Se for identificada alguma perda, os armazenadores terão que indenizar a Companhia. No caso de desvios, a irregularidade é informada ao Ministério Público e à Polícia Federal. Além disso, a armazenadora fica impossibilitada de operar com a Companhia por dois anos e deve restituir o estoque inicial em dinheiro ou em produto.

Deixe uma resposta