Caixa adere à medida de alongamento dos custeios aos arrozeiros

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Os produtores de arroz com vencimentos de financiamentos com a Caixa Econômica Federal relativos à safra 2016/2017 terão as parcelas de maio a agosto deste ano alongadas para o mês de novembro. A medida atende a pedido da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), que vem pleiteando a questão junto à instituições financeiras, e se baseia em itens do Manual de Crédito Rural (MCR).

Segundo a Caixa Econômica Federal, as agências com clientes nestas condições já foram orientadas sobre a medida, que também já foram adotadas pelo Banco do Brasil e Banrisul. A Federarroz ainda busca junto as demais instituições financeiras ações que possam viabilizar aos produtores o alongamento de forma a minimizar os impactos dos problemas de comercialização e baixos preços enfrentados pelos orizicultores neste ano.

Deixe uma resposta