Acre se prepara para se tornar zona livre de aftosa sem vacinação em 2019

Foto: Divulgação
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Considerado zona livre da febre aftosa há 17 anos e reconhecido internacionalmente pela Organização Mundial da Saúde Animal há 12, o Acre se prepara para retirar a vacina contra a doença em 2019. O status de área livre da aftosa sem vacinação vai assegurar ao estado novos mercados, dentro e fora do Brasil.

VER MAIS: Colômbia registra segundo caso de febre aftosa

VER MAIS:  Brasil é o primeiro país a aderir ao banco de vacinas contra febra aftosa na América Latina

Por ter uma política de sanidade animal e vegetal consolidada, o governo do Acre, por meio do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre (Idaf), promoveu nesta última  quinta e sexta-feira, 27 e 28, o Fórum Nacional dos Executores de Sanidade Agropecuária (Fonesa), em Rio Branco. O evento reuniu gestores de 23 estados brasileiros.

Além do Acre, Rondônia também deve receber o título de zona livre de aftosa sem vacinação, em maio de 2019.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta