Servidor do Mapa é eleito presidente do Codex Alimentarius

Foto: Divulgação/MAPA
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

O Codex Alimentarius trata de padrões, diretrizes e recomendações para a segurança, qualidade e comércio legal de alimentos de 188 países membros

Com 56% de votos a favor e concorrendo com o candidato do Mali, o brasileiro Guilherme Costa, servidor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), foi eleito o novo presidente do Codex Alimentarius. A entidade vinculada à ONU, à FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) e à OMS (Organização Mundial de Saúde) trata de padrões, diretrizes e recomendações para a segurança, qualidade e comércio legal de alimentos de 188 países membros.

O ministro Blairo Maggi e o secretário-executivo Eumar Novacki buscaram apoio à candidatura do brasileiro em recentes missões internacionais. Para o secretário-executivo do Mapa, que esteve na semana passada em Genebra, Suíça, sede da entidade, a presidência do Codex “é uma grande oportunidade para que o Brasil exerça seu papel de forma equilibrada, em sinergia com os países membros”. Novacki disse ainda que se trata de “um ganho do país e essa presidência é muito bem-vinda”.

Foto: Divulgação/MAPA

VER MAIS: Aumento nos preços da carne e do trigo eleva custo global dos alimentos, diz FAO

VER MAIS: Capacidade de armazenagem de alimentos cresceu 0,9% em 2016, diz IBGE

Entre os compromissos assumidos por Costa estão a liderança justa e transparente, a fim de conectar as diferentes realidades, unir os países membros e respeitar a diversidade, melhorando, assim, a capacidade de participação. A plataforma do brasileiro também prevê o aproveitamento do potencial das mentes científicas, o aumenta da consciência dos consumidores e a ajuda para transformar o mundo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Deixe uma resposta