Liquidez é baixa e preços do arroz recuam no Rio Grande do Sul

Foto: Divulgação
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

O ritmo de negócios perdeu força no mercado de arroz em casca nesta semana. Com o anúncio do Governo Federal quanto à prorrogação das parcelas de pré-custeio da safra 2016/17, parte dos orizicultores se retraiu. Do lado comprador, segundo pesquisadores do Cepea, a maioria das indústrias está cautelosa em aumentar os valores pagos pela saca do casca, preferindo liquidar apenas o produto depositado em seus armazéns.

VER MAIS: Entrevista com Rodrigo Schoenfeld – gerente da divisão de pesquisas do Instituto Rio Grandense de Arroz

VER MAIS: Estoque privado de arroz é superior a 400 mil toneladas

VER MAIS: Peru deverá importar arroz do Brasil

No entanto, algumas beneficiadoras estão mais ativas no mercado, adquirindo lotes de arroz “livre” (armazenados nas propriedades rurais) para repor estoques. Nesse cenário, os preços registraram leve baixa nos últimos dias. Entre 11 e 18 de julho, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, caiu ligeiro 0,4%, fechando a R$ 40,11/sc de 50 kg nessa terça-feira, 18. Na parcial de julho (até o dia 18), o Indicador acumula queda de 0,94%.

Deixe uma resposta