Custos de produção de suínos e de frangos de corte reduzem 30% em um ano

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Os custos de produção de suínos divulgados pela CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa (www.embrapa.br/suinos-e-aves/cias), registraram em junho mais um mês de queda, completando 12 meses seguidos de baixa no índice. O ICPSuíno/Embrapa fechou o mês de junho em 184,84 pontos, oscilando -0,28% em relação a maio, acumulando -16,92% em 2017 e -31,10% nos últimos 12 meses.

Principal item na composição do ICPSuíno (73,46% em junho), o custo da nutrição dos animais diminuiu 0,25% no mês passado, contribuindo significativamente para mais um mês de redução no índice. O custo de produção do quilo de suíno vivo em ciclo completo em Santa Catarina, maior produtor nacional e usado como referência pela Embrapa, registrou o valor de R$ 3,23 em junho, 47 centavos a menos que em janeiro (R$ 3,70).

VER MAIS: Abate de frangos e suínos cresce e de bovinos diminui no 1º trimestre

VER MAIS: Exportação de aves e suínos é a saída para ampliar comércio exterior

Já o ICPFrango/Embrapa fechou junho com 177,72 pontos, baixa de 0,41% em relação a maio. O custo de produção no Paraná, maior produtor nacional e usado como referência, foi de R$ 2,30 por quilo de frango vivo.

No ano, o ICPFrango acumula baixa de 16,27%, enquanto nos últimos 12 meses a variação é de -30,37%. Os gastos com a alimentação dos animais, que representaram 66,50% do custo total da produção, caíram 0,38% no sexto mês de 2017.

Deixe uma resposta