Novas ações de apoio a produtores de milho em Mato Grosso já estão programadas pela Conab

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Duas operações realizadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em apoio aos produtores de milho em Mato Grosso foram concluídas nesta quinta-feira (22). No leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), foi negociada subvenção para venda e escoamento de 948,32 mil toneladas do grão, 94,83% do total ofertado. Já o Prêmio para o Escoamento (PEP) comercializou apoio para 200,48 mil toneladas de milho, 60,75% do total oferecido.

Outros dois leilões de Pepro e PEP já estão marcados para o dia 27 de junho. Na ocasião, será ofertado Pepro pela venda e escoamento de 1 milhão de toneladas de milho em grãos, safra 2016/2017 e 2017 a produtores de Mato Grosso, nos municípios onde o preço está abaixo do mínimo. O de PEP será para o escoamento de 330 mil toneladas de milho em grãos da mesma região.

VER MAIS: Safra de milho em Santa Catarina deve ser 15,78% maior neste ano

VER MAIS: Milho: retração dos vendedores segura cotações, mas liquidez continua baixa, diz Cepea

VER MAIS: Maior estoque do Brasil é de milho, diz IBGE

Todas as operações foram autorizadas pelo Conselho Interministerial de Estoques Públicos (Ciep) no começo de abril, por meio de portarias interministeriais, e têm a finalidade de garantir preço ao produtor de milho em Mato Grosso e incentivar o escoamento do excedente de produção para os grandes centros consumidores. Os destinatários deverão ser avicultores, suinocultores, bovinocultores, ovinocaprinocultores e cooperativas, além das indústrias de ração, alimentação humana e comerciantes. O produto deverá ser escoado para qualquer localidade, somente não podendo ter como destino final os estados que compõem a região Sul, Sudeste (exceto o ES e o norte de MG), Centro-Oeste e os estados da Bahia, Maranhão, Piauí, Pará, Rondônia e Tocantins.

Deixe uma resposta