Recuo dos vendedores e demanda alta elevam preço da soja

Foto: Redação Destaque Rural
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Os preços da soja em grão estão em alta no Brasil, impulsionados pela demanda firme e pela retração de sojicultores brasileiros, que aguardam o próximo semestre para negociar lotes maiores. Além disso, segundo pesquisadores do Cepea, o dólar em patamares mais elevados que o Real, a elevação do prêmio de exportação no Brasil e condições climáticas desfavoráveis ao semeio nos Estados Unidos (que elevaram os valores dos contratos futuros na Bolsa de Chicago), também foram fatores de alta para os preços domésticos.

VER MAIS: Soja convencional: um nicho de mercado a ser explorado

VER MAIS: Rio Grande do Sul colhe mais de 18 milhões de toneladas de soja, diz Emater

VER MAIS: Venda de derivados da soja aumenta, diz Cepea

Entre 1º e 8 de junho, o Indicador da soja ESALQ/BM&FBovespa Paranaguá subiu 2,9%, para R$ 69,35/sc de 60 kg na sexta-feira, 9. O Indicador CEPEA/ESALQ Paraná subiu 3,4% no mesmo período, fechando a R$ 64,32/sc de 60 kg na sexta-feira.

Foto: Redação Destaque Rural

Deixe uma resposta