Chuvas na Argentina ameaçam plantio de 100 mil ha de trigo, diz bolsa

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

A Argentina é um importante exportador de grãos e oleaginosas, mas chuvas e enchentes nos primeiros meses de 2017 desencadearam perdas nas safras de soja e milho 2016/17

Enchentes e excesso de umidade após fortes chuvas neste ano poderiam impedir produtores argentinos de plantar 100 mil hectares de trigo na safra 2017/18, segundo a Bolsa de Grãos de Buenos Aires em um relatório divulgado ontem, (08).

A bolsa manteve sua projeção de 5,5 milhões de hectares de área plantada para a safra de trigo, mas notou que muitos campos na parte sul do cinturão de grãos continuavam alagados, principalmente nas províncias de Buenos Aires e  Córdoba.

VER MAIS:  Redução da área de trigo pode valorizar o preço do cereal neste ano

VER MAIS: Produtores de trigo devem estar atentos ao vírus do mosaico

VER MAISPlantio de trigo no Rio Grande do Sul chega a 8%

VER MAIS: Giro do Trigo na Argentina aproxima produtores locais e indústria moageira brasileira

Produtores argentinos já plantaram 21,4% da área planejada de trigo, um avanço de 10 pontos percentuais ante a semana passada, Segundo a bolsa,  a estimativa preliminar da instituição para a colheita de trigo é de 17,5 milhões de toneladas.

A Argentina é um importante exportador de grãos e oleaginosas, mas chuvas e enchentes nos primeiros meses de 2017 desencadearam perdas nas safras de soja e milho 2016/17.

Deixe uma resposta