Supersafra: nova estimativa da Conab prevê 234,3 milhões de toneladas de grãos

Foto: Divulgação
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

A nona estimativa da produção brasileira foi divulgada nesta quinta-feira (8) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)

A safra de grãos 2016/17 pode chegar a 234,3 milhões de toneladas, um novo recorde. O volume representa aumento de 25,6% – ou 47,7 milhões de toneladas – frente as 186,6 milhões de t da safra passada. A nona estimativa da produção brasileira foi divulgada nesta quinta-feira (8) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A pesquisa foi realizada no período de 21 a 27 de maio em todas as regiões produtoras, quando foram consultadas diversas instituições e informantes cadastrados em todo o país.Para o secretário de política agrícola do Ministério, Neri Geller, esse novo recorde vai fazer com que o agronegócio gere mais empregos e a movimentação nos portos e estradas aumentar.

Os responsáveis pela super safra atual foram o crescimento de área e as produtividades médias. A previsão é de ampliação de 3,7% na área total, podendo chegar a 60,5 milhões de hectares, incluídas as culturas de segunda e terceira safras e as de inverno.

VER MAIS:Estradas ruins encarecem 30% no custo de transporte para escoar safra, aponta Ministério dos Transportes

VER MAIS: Exportação de soja brasileira pode ser recorde, diz Oil World

VER MAIS: Sistema Farsul projeta safra recorde para o Estado em 2016/2017

 

GRÃOS

Soja: com a colheita finalizada nos principais estados produtores, a produção está estimada em 113,92 milhões de toneladas;

Milho primeira safra: colheita em conclusão, com produção estimada de 30,31 milhões de toneladas;

Milho segunda safra: colheita iniciada em alguns estados, com estimativa de produção total de 63,52 milhões de toneladas, cultivadas em 11,8 milhões de hectares;

Arroz: colheita em fase final e condições climáticas favoráveis ao longo de todo o ciclo resultaram em 12 milhões de toneladas de produção.

Feijão primeira safra: colheita concluída e produção de 1,39 milhão de toneladas, sendo 857,4 mil toneladas de feijão comum cores, 318,2 mil toneladas de feijão comum preto e 210,9 mil toneladas de feijão-caupi.

Culturas de inverno Há previsão de queda de 8,8% na área de trigo, que pode chegar a 1,93 milhão de hectares contra 2,1 milhões de fectares da safra passada. Com isso, a produção sofre uma redução de 22,6% e chega a 5,2 milhões de toneladas frente às 6,7 milhões de t de 2016. A aveia, ao contrário do trigo, apresenta crescimento de área de 3,4%, podendo alcançar 301,5 mil hectares. A produção está estimada em 705,7 mil toneladas.

Deixe uma resposta