Presidente do Badesul faz palestra na Acisa

Foto: Caroline Lima
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

A Associação, Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio (Acisa) de Passo Fundo recebeu, nesta terça-feira, 23 de abril, a presidente do Badesul, Susana Kakuta, que palestrou durante reunião-almoço sobre o tema “Rio Grande do Sul, um Estado de Oportunidades”. O evento, que reuniu lideranças empresariais, faz parte do projeto Badesul na Estrada, iniciativa da agência de fomento do Estado que busca promover e estimular o desenvolvimento nas diversas regiões do Rio Grande do Sul, propondo e discutindo alternativas viáveis para o progresso.

Temas como inovação, novos setores em crescimento, parcerias público-privadas e a participação do Badesul no desenvolvimento foram abordados pela presidente Susana Kakuta. “O Badesul na Estrada tem uma importância significativa na medida em que apresenta diversas possibilidades e propicia a discussão conjunta da instituição com empresários e o setor público sobre temas e oportunidades para  o desenvolvimento do Estado”, ressaltou Kakuta.

Na ocasião, o presidente da Acisa, Lamar Sakis destacou a importância da iniciativa conjunta para a discussão de alternativas em prol do desenvolvimento do Estado. “Precisamos ter esse tipo de incentivo, com alternativas para o crescimento de Passo Fundo e região. O Badesul está aqui hoje nos trazendo oportunidades para novos investimentos dentro do Estado do Rio Grande do Sul”, afirmou.

Passo Fundo foi a primeira cidade a ser visitada na interiorização. Aproximadamente mais 24 estão previstas no projeto, que em 2017 pretende percorrer muitos quilômetros promovendo o desenvolvimento em todas as regiões do Estado.

Acordo de Resultados

O projeto Badesul na Estrada faz parte do Acordo de Resultados, assinado por todas as secretarias e vinculadas, consiste no acompanhamento dos projetos definidos como prioritários para serem executados pelo governo do Estado. Envolve o planejamento de indicadores de desempenho, ações e eficiência da gestão.

Essa rede de governança prioriza as demandas da sociedade com o objetivo de construir um governo mais eficiente na aplicação de recursos, mais ágil e menos burocrático, que, de forma transparente, dialogue com a população e entregue serviços de qualidade.

 

Deixe uma resposta