Governo do Rio Grande do Sul lança programa para a cultura da noz-pecã

Foto: Fernando Dias/Seapi
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Também será criada a Câmara Setorial na Seapi

Para atender a uma demanda da cadeia produtiva, o governador do Estado do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, e o secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo,  lançam, na próxima quinta-feira (25), às 16h, o Programa Estadual de Desenvolvimento da Pecanicultura – Pró-Pecã e a instalação da Câmara Setorial da Noz-Pecã. A solenidade ocorrerá no Auditório do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, durante a 13ª Fenasul e 40ª Expoleite.
Segundo o engenheiro agrônomo Paulo Lipp João, tanto o Programa como a Câmara Setorial visam a uma maior integração entre os participantes dessa cadeia produtiva que vem crescendo bastante no Estado, de olho no mercado nacional e internacional que busca cada vez mais frutos secos como a noz-pecã.
Foto: Fernando Dias/Seapi

2 Comentários

  • sobre noz pecan nos da skyllo nozes gerente Rogerio Bilhan sempre damos todo o apoio pra aqueles que ja são produtores e os que querem iniciar na cultura skyllo nozes atua desde maio de 2000 16 anos beneficiando noz pecan sempre foi e sera um otimo negocio a todos os envolvido no proscesso de produção ganha a natureza por muitas mudas plantada diminuindo muito o desmatamento nossos passaros fauna flora muitos empregos são gerado ,ar que respiramos nossa agua enfim a natureza agradece;;;

  • produtores prescisam se concientizar que o valor do kilo prescisa ficar entre 9 a 11 reais o kilo da noz pecan porque o comercio hoje estao colocando o preço nas nozes na hora de comprar devido a nozes chilena chega no brasil com preço bem a baixo da pecan pro comercio ativar volta das nozes pecan ano passado foi atipico não produziu o comprador que ofereceu 15 a 17 nao sabe o custo da nozes beneficiada.

Deixe uma resposta