Funrural: negociações com o governo federal param

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Após uma rodada de conversas e negociações entre a bancada ruralista e o governo ontem a noite, 16, o impasse do Funrural continua. Ao que tudo indica, a taxa vai cair para 1,5%, mas, parlamentares ruralistas não concordaram com a equipe econômica em como a cobrança será feita.  O governo aceitou em dar 100% de desconto sobre a correção monetária do passivo e perdoar 15% de multas e encargos legais, no entanto, a equipe econômica persiste em cobrar 5% do débito total, sem desconto, em cinco parcelas a partir de novembro deste ano. Neste ano não há consenso entre bancada ruralista e governo federal.

Os parlamentares vão novamente se reunir com a equipe do governo para tentar um acordo. A expectativa é de que o anúncio da decisão seja adiado se a conversa não tiver avanços.

Da nova alíquota de 1,5%, cerca de 1,3% vai para o Funrural e o restante, 0,2% é destinado ao Senar.  Já para quem tem passivo, 1,3% da comercialização vai para o Fundo, 0,2% ao Senar e mais 0,8% ao débito retroativo.

Para ver mais matérias sobre o Funrural, acesse aqui

 

Deixe uma resposta