Consumo de farinha de trigo no Brasil cresce em 2016 e volta aos patamares pré-crise

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

O consumo de farinha de trigo no Brasil cresceu 6,2% em 2016, atingindo um total de 8.688 milhões de toneladas, retornando a um patamar semelhante ao registrado em 2014. A produção nacional de farinha respondeu por 8.225 milhões de toneladas em 2016 e a importação por 403 mil toneladas. Os dados são da Associação Brasileira da Indústria do Trigo (ABITRIGO) e baseiam em informações fornecidas pelos associados da entidade e sindicatos das indústrias do trigo, cruzadas com as do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior.

De acordo com o embaixador Rubens Barbosa, presidente da ABITRIGO, os números confirmam uma pequena e gradual recuperação da economia. “O crescimento na demanda por farinha de trigo reflete o movimento da indústria alimentícia já que a farinha é matéria-prima para uma série de produtos básicos na alimentação da população, como pães, macarrão e biscoitos. O conjunto da cadeia do trigo está voltando a ganhar fôlego”, diz.

Deixe uma resposta