Área de trigo vai diminuir 150 mil hectares no Rio Grande do Sul

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Apesar da boa safra de trigo, produtores encontraram dificuldades para comercializar o cereal 

O Rio Grande do Sul, estado que fica na segunda colocação na produção de trigo no Brasil, vai diminuir a área plantada este ano. A previsão é de que apenas 600 mil hectares sejam plantados de trigo. Essa diminuição é decorrente da baixa liquidez do cereal no mercado. Apesar da safra boa de trigo, produtores encontraram dificuldades para comercializar o cereal e o governo, por meio da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) precisou intervir. Edições dos leilões PEP (Prêmio para Escoamento do Produto) e PEPRO (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural) começaram em dezembro de 2016 e seguiram até meados de janeiro.

Os desafios da produção de trigo foram discutidos ontem, 18, no Fórum do Trigo, realizado na Universidade de Passo Fundo. O presidente da comissão de trigo da Farsul (Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul), Hamilton Jardim, comentou que o agricultor esperava que a produção de trigo fosse valorizada. “O produtor acabou recebendo um balde de água fria porque, mesmo fazendo dever de casa, não viu essa valorização”, afirmou Jardim.

 

Deixe uma resposta