Em evento na UPF, Neri Geller confirma R$ 800 milhões para apoiar comercialização do milho

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

A portaria já foi enviada para publicação no Diário Oficial da União, o que pode ocorrer ainda hoje em edição extra ou em edição na manhã desta quarta-feira

Durante o Fórum Mais Milho realizado na manhã desta terça-feira, 18, na Universidade de Passo Fundo (UPF), o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller, confirmou a portaria de intervenção do governo no preço do milho.  Geller afirmou que R$ 500 milhões serão destinados para a sustentação do preço – Prêmio para Escoamento do Produto (PEP) e Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (PEPRO) do milho do Centro-Oeste. Os outros R$ 300 milhões serão para contratos de opção. Os detalhes devem ser discutidos a partir desta quarta, 19.

 

PEP e PEPRO

Ambos os leilões são incentivos econômicos que o governo faz. Um subsídio dado aos produtores. O PEP é direcionado a quem adquirir o produto de cooperativa ou produtor e escoá-lo para uma região definida.  O PEPRO é destinado ao produtor ou cooperativa que se disponha a vender sua mercadoria pela diferença entre o preço mínimo e o de referência definido pelo governo. A parte de escoar também fica de responsabilidade do produtor ou cooperativa.

 

Deixe uma resposta