(54) 3632 5485 contato@destaquerural.com.br

Chuva na Argentina e nos EUA afetam colheita e podem elevar preços da soja no Brasil

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

De acordo com a Bolsa de Cereais de Buenos Aires, pelo menos um milhão de hectares foram afetados

A chuva tem atrapalhado os produtores rurais da Argentina. Até o momento cerca de 8% da área semeada de soja foi colhida, um atraso de 6% em relação ao ano passado. Na última semana, o volume de chuva passou de 200 milímetros e deixou áreas alagadas em La Pampa, Córdoba e Santa Fé.  De acordo com a Bolsa de Cereais de Buenos Aires, pelo menos um milhão de hectares foram afetados.

Apesar disso, a Bolsa mantém uma previsão otimista da safra, que pode chegar a 56,5 milhões de toneladas.  Essa notícia, associada à uma previsão de chuva nos Estados Unidos, que começam a plantar soja nesta época, fez os preços da soja reagir na Bolsa de Chicago.  De acordo com analistas consultados pelo Datagro,  a condição climática na Argentina e nos EUA podem favorecer a remuneração dos produtores brasileiros.

 

Deixe uma resposta