Abisolo projeta alta de 22% na receita dos fertilizantes especiais

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Crescimento ocorre desde 2014 segundo a associação

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal (Abisolo) o estudo foi feito com 459 empresas, as quais possuem 565 fábricas de fertilizantes foliares, orgânicos, biofertilizantes, condicionadores de solo e substratos para plantas em 19 estados brasileiros e no Distrito Federal. As estimativas são que de que as receitas cheguem a R$ 7,1 bilhões.

No levantamento da associação foram identificados alguns pontos. A maior cultura do país, a soja, representa 45% do consumo desses fertilizantes especiais. Em seguida vem o milho, com 13%

 

Deixe uma resposta