Investimento em logística para desenvolver o Rio Grande do Sul

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Potencial da malha ferroviária e parcerias público-privadas foram destaque da programação do Logistech 2017

 

Redação Destaque Rural

A logística ainda é um grande gargalo para os gaúchos. O Estado que está entre os maiores produtores de grãos do Brasil ainda sofre com as consequências da falta de investimento. O assunto, mais especificamente a malha ferroviária, foi o foco do terceiro congresso de Infraestrutura, Transporte e Logística do Norte do Rio Grande do Sul (III Logistech), que ocorreu nesta sexta-feira (31) na Universidade de Passo Fundo (UPF).  O coordenador do Logistech, Marcos Citolin, reforçou a ideia de que o evento não é reivindicador, mas sim um propulsor de ideias e de desenvolvimento sustentável para o Norte do Estado.

A eficiência atual do sistema ferroviário e os gargalos foram tratados em dois painéis: o primeiro abordou o potencial da malha ferroviária do Norte do RS e as demandas do setor.  A atenção especial se voltou aos investimentos para a Ferrovia Norte/Sul, cujo traçado contempla o Norte do estado. Nesse painel, que teve a mediação do jornalista Daniel Scola, o conselheiro da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Paulo Menzel, trouxe dados do atual custo da logística e se mostrou preocupado com o cenário. “20,25% do PIB está comprometido com logística e isso não é aceitável. Não deveria passar de 6,2% esse valor”, afirmou o conselheiro.  Acrescentou ainda que o Brasil não possui um planejamento logístico e que comparado aos Estados Unidos, principal concorrente brasileiro de commodities, o país perde o poder de competitividade.

Em um segundo momento, pela tarde, foram debatidos temas relativos às Parcerias Público-Privadas (PPPs) que estão programadas para algumas áreas da infraestrutura gaúcha.

 

Logistech

O terceiro congresso de Infraestrutura, Transporte e Logística do Norte do Rio Grande do Sul ocorreu nesta sexta-feira, 31, na Universidade de Passo Fundo (UPF).  Estiveram presentes no evento o secretário estadual dos transportes, Pedro Westphalen, o deputado federal Cajar Nardes (PR) e demais lideranças locais de Passo Fundo. Nas edições do evento um modal é escolhido para ser tratado e debatido. Neste ano, o modal ferroviário foi o tema.

Deixe uma resposta