(54) 3632 5485 contato@destaquerural.com.br

Reunião técnica em Passo Fundo abordou agroindústria familiar e Feaper

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Capacitação a extensionistas da Emater ocorreu nesta quinta-feira

Passo Fundo recebeu nesta quinta-feira, 23, uma reunião técnica promovida pela Emater-RS/Ascar e pela Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), para tratar sobre agroindústria familiar e o Feaper (Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais).

O evento ocorreu na Casa Santa Cruz e contou com a participação de 40 extensionistas da Emater que compõem a abrangência do escritório regional de Passo Fundo. Na região, são assistidas 30.867 famílias e 50.204 estabelecimentos agropecuários.

Durante a manhã os extensionistas participaram da palestra “legalização sanitária das agroindústrias”, com as médicas veterinárias do Departamento de Agricultura Familiar e Agroindústria da SDR, Maluza Machado Feltrin e Neuza Basbosa Castro. Pela tarde, o diretor do departamento de Agricultura Familiar e Agroindústria, José Alexandre Da Silva Rodrigues conversou com os profissionais sobre o Feaper.

Por meio do Feaper, o governo do estado concede crédito de até R$ 10 mil por produtor rural para construir ou reformar sua agroindústria, ou ainda para a compra de insumos e equipamentos. De acordo com o diretor, o Feaper é um dos maiores fundos do Rio Grande do Sul.  O Feaper tem o Badesul, agência de fomento vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, como agente financeiro.  José Alexandre ressaltou o papel da Emater/RS-Ascar como entidade que representa e articula junto aos pequenos produtores rurais os contratos para o fundo. “A Emater é o meu braço direito no Feaper”.  Dos quatro mil contratos do Fundo Estadual já liberados em 2016/2017, 100 são da região de Passo Fundo.

Foto: Ana Cláudia Capellari

Para o secretário de desenvolvimento rural, pesca e cooperativismo, Tarcísio Minetto, o objetivo dessas reuniões é esclarecer e potencializar a agricultura familiar.  “Foi um trabalho de capacitação, orientação. No sentido de trabalhar o melhor conceito de agroindústria familiar”, afirmou Minetto.

Deixe uma resposta