Fevereiro tem queda nos custos de produção de suínos e frangos de corte

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

As informações são da Embrapa 

Os custos de produção de frangos de corte e de suínos divulgados pela CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa registraram em fevereiro o oitavo mês consecutivo de queda. O ICPSuíno/Embrapa oscilou -4,78%, caindo para 201,40 pontos (voltando ao valor próximo do registrado em dezembro de 2015).

O custo de produção do kg de suíno vivo em ciclo completo em Santa Catarina, maior produtor nacional e usado como referência no índice, ficou em R$ 3,52 em fevereiro, 18 centavos a menos que em janeiro.

Principal item na composição do ICPSuíno (74,34% do preço), a nutrição dos animais recuou 4,71% em fevereiro, representando R$ 2,62 do total do custo de produção. Em 2017, o ICPSuíno acumula queda de 8,50%, e chega a -7,37% nos últimos 12 meses.

Já o ICPFrango/Embrapa fechou fevereiro com 195,80 pontos, baixa de 3,22% em relação ao mês anterior. O índice da Embrapa para a produção de frangos de corte não ficava abaixo dos 200 pontos desde setembro de 2015 (os 100 pontos correspondem ao valor do primeiro índice calculado, em janeiro de 2010).

O custo de produção no Paraná, maior produtor nacional e usado como referência, foi de R$ 2,53 por kg de frango vivo (R$ 0,08 a menos que em janeiro). No ano, o ICPFrango acumula baixa de 6,74%, enquanto nos últimos 12 meses a variação é de -12,99%.

Deixe uma resposta