(54) 3632 5485 contato@destaquerural.com.br

Otimismo, recuperação e esperança na abertura da 18ª Expodireto-Cotrijal

Foto: Ana Cláudia Capellari
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Otimismo, recuperação e esperança foram as palavras que abriram o discurso do presidente da Expodireto-Cotrijal, Nei César Mânica, na abertura da 18ª edição da feira, que acontece até a próxima sexta-feira (10), em Não-Me-Toque, Rio Grande do Sul. Destacando a expectativa de que mais de 250 mil pessoas passem pelo parque, ele agradeceu a presença dos 530 expositores e mais de 70 países presentes na feira, valorizando e demonstrando a importância do agronegócio brasileiro.

Celebrando as oportunidades proporcionadas pelo setor do agronegócio no país, Mânica disse acreditar que órgãos ligados à área rural estão conseguindo trazer esperança de retomada da economia brasileira. “Possivelmente teremos a maior safra da história e novamente a Expodireto-Cotrijal se propõe a trazer o que existe de melhor em tecnologia e no mercado de agro. A cada 14 meses temos uma renovação do processo produtivo e isto nos traz expectativas positivas”.

Foto: Ana Cláudia Capellari

O agronegócio que salva a economia

Presente na 18ª edição da feira, o governador José Ivo Sartori acredita que a Expodireto é uma demonstração do vigor do Rio Grande do Sul para se recuperar de crises. Otimista, o governador disse que “o Estado é responsável por 60% da produção de máquinas e implementos agrícolas do Brasil e isto garante sustentação econômica e grandes perspectivas”. Ele acredita que o fortalecimento da produção agrícola está atrelado ao desenvolvimento, atribuindo ao agronegócio a garantia de esperança de recuperação econômica. “O agronegócio é o que nos garante o mínimo de sustentação econômica devido ao aumento da produção em cada safra. Teremos novamente uma boa safra, e a produtividade deverá compensar a queda dos preços”. Na próxima semana Sartori viaja para a Argentina e entre os assuntos que irá tratar está a produção vinícola. O Rio Grande do Sul é responsável por 85% da produção de uva do país.

Além de participar da abertura da feira, o governador esteve presente na inauguração do pavilhão da agricultura familiar, que neste ano conta com 182 estandes de produtos coloniais, artesanato, plantas e flores. São 113 municípios presentes no pavilhão.

Entre as autoridades presentes na abertura oficial: o ministro do trabalho e emprego, Ronaldo Nogueira de Oliveira, o presidente da Assembleia Legislativa, Edgar Pretto, o secretário nacional de segurança alimentar e nutricional, Caio Rocha, o diretor administrativo da Farsul, Francisco Lineu Schardong, o secretário de desenvolvimento rural, pesca e cooperativismo do RS, Tarcísio Minetto, o secretário de agricultura do RS, Ernani Polo, o deputado federal Jeronimo Goergen, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Marcos Peixoto, o integrante do Tribunal de Contas da União, João Augusto Nardes, deputados estaduais e federais, prefeitos, secretários, vereadores, presidentes de sindicatos e autarquias além de representantes dos países do exterior.

Confira a programação de feira:

http://www.expodireto.cotrijal.com.br/index.php?id_menu=programacao&tipoProgramacao=auditorio_central

 

Deixe uma resposta