Mercado internacional de açúcar avançou em janeiro com Índia no foco

Foto: Reprodução/internet
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Os preços internacionais do açúcar dispararam em janeiro. Em Nova York, os contratos com entrega em março do açúcar bruto encerraram o pregão do dia 31 de janeiro a 20,45 centavos de dólar por libra-peso, contra 19,51 centavos no dia 30 de dezembro, valorização de 4,8%.

Foto: Reprodução/internet

O mercado foi puxado pela quebra de safra na Índia, onde estiagens recorrentes afetaram canaviais em importantes regiões de cultivo. Com a produção ficando bem abaixo do consumo em 2016/17, a Índia poderá ter que recorrer a importações para “fechar a conta” nessa temporada.

Por enquanto, o governo do maior mercado consumidor mundial de açúcar segue negando cortar tarifas de importação, garantindo que há estoque suficiente para atender a demanda.
As primeiras semanas de fevereiro devem ser marcadas por muita expectativa sobre novos números de produção da Índia, onde muitas usinas anteciparam o final da moagem da safra devido a escassez de matéria-prima.

Na quinta-feira, dia 02, a Associação das Usinas de Açúcar da Índia relatou que a produção de açúcar caiu 10% na safra 2016/17, totalizando 12,85 milhões de toneladas, conforme dados contabilizados entre 01 de outubro e 31 de janeiro.

Exportações

As exportações brasileiras de açúcar obtiveram receita de US$ 955,4 milhões em janeiro (US$ 745,4 milhões com açúcar bruto e US$ 210,00 milhões com açúcar refinado), conforme dados
da Secretária de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

O volume total embarcado foi de 2,212 milhões de toneladas (1,777 milhão de toneladas de açúcar bruto mais 435,5 mil toneladas de açúcar refinado). O preço médio foi de US$ 419,40 por tonelada para o açúcar bruto e de US$ 482,20 por tonelada para o açúcar refinado.

Em dezembro de 2016, os embarques de açúcar do Brasil haviam totalizado 2,599 milhões de toneladas, com receita de US$ 1,106 bilhão. Em janeiro de 2016, os embarques de açúcar do Brasil haviam totalizado 1,496 milhão de toneladas, com receita de US$ 432,9 milhões.

Fonte: Agência SAFRAS

Texto: Fábio Rübenich

Deixe uma resposta