Semeadura de arroz no RS é finalizada

Neste momento, a preocupação dos produtores é com o manejo, adubação de cobertura com uréia e cloreto de potássio, controle fitossanitário e manejo de irrigação. Foto: Reprodução/Internet
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

De acordo com o IRGA (Instituto Rio Grandense do Arroz) apesar das chuvas, RS conseguiu finalizar a semeadura com um acréscimo na estimativa inicial 

A fronteira Oeste foi uma das regiões que superaram a expectativa semeou 100,10%. A Campanha chegou a 102,37%; a Região Central quase atingiu a meta, alcançando os 99,6%. Já a Planície Costeira Interna semeou 100,12% da intenção inicial e a Planície Costeira Externa, 100,69%. Quem conseguiu ir mais longe foi a Zona Sul do Estado, que semeou 101,6% do projetado, a pequena elevação representa 916 hectares a mais de cultivo naquela região. Com tudo isso, o Rio Grande do Sul concluiu os trabalhos com 1.099.098 hectares cultivados – a projeção inicial era de 1.091.401.

Neste momento, a preocupação dos produtores é com o manejo, adubação de cobertura com uréia e cloreto de potássio, controle fitossanitário e manejo de irrigação.  Foto: Reprodução/Internet
Neste momento, a preocupação dos produtores é com o manejo, adubação de cobertura com uréia e cloreto de potássio, controle fitossanitário e manejo de irrigação. Foto: Reprodução/Internet

A estimativa é de que a safra gaúcha de arroz fique entre 8,3 e 8,4 milhões de toneladas (base casca), um volume muito próximo da média das cinco safras anteriores.

Os números da semeadura final, por município produtor de arroz, você pode conferir aqui

 

Deixe uma resposta