Novos leilões PEP e Pepro de trigo serão realizados em janeiro

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Novos leilões para escoamento do trigo dos estados do Sul do país serão realizados na primeira semana de janeiro. Já na próxima quarta-feira (4), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vai oferecer Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro)  para 307,5 mil toneladas e Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) para 107,5 mil toneladas de trigo em grãos das classes Pão e Melhorador. Os últimos leilões de subvenção foram promovidos no dia 16 do mês passado.

As subvenções são oferecidas a produtores rurais ou a suas cooperativas sediadas nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, para onde não podem ser destinados os produtos. O maior volume de trigo está armazenado no Rio Grande do Sul, algo próximo a 300 mil toneladas.

Estão incluídos na destinação indústrias moageiras, cooperativas de produtores rurais na condição de indústria de ração ou comerciantes, avicultores e suinocultores que dispõem de indústrias próprias de ração animal e comerciantes de cereais.

Entende-se por Pepro o valor máximo que o governo federal pagará ao arrematante, produtor rural ou sua cooperativa, que realizar a venda e o escoamento do seu produto, para assegurar-lhe o recebimento, no mínimo, do Preço Mínimo fixado pelo Governo Federal, de acordo com o edital. Já o PEP é oferecido a quem se disponha a adquirir o grão pelo preço mínimo fixado e escoá-lo para a região estabelecida.

As operações, iniciadas este mês, atendem a demanda do setor produtivo, para incentivar a equalização de preços do trigo produzido nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, uma vez que o produto vem sendo comercializado na região a preços abaixo do mínimo fixado pelo governo federal, de R$ 0,6442 o quilo da especialidade Pão e de 0,6747 o quilo para Melhorador.

Em três leilões de Pepro já realizados, foi ofertada subvenção para 592,5 mil toneladas de trigo e negociado prêmio para 397 mil t. Já nas três operações de PEP, foi ofertado apoio ao escoamento de 322,5 mil toneladas e negociado prêmio para 47,7 mil t.

Acesse aqui a íntegra dos Avisos 004 e 005 de 2017

Deixe uma resposta