Burocracia cria entraves para o setor produtivo brasileiro

Foto: Ana Cláudia Capellari
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Apesar dos números expressivos de produtividade, que contribuem para o saldo positivo na balança comercial e no PIB brasileiro, a agricultura no Brasil ainda é praticada de forma tímida, se comparada a outros países com extensão territorial menor, mas que possuem políticas de incentivo à atividade, que é uma das bases da economia mundial.

Dos cerca de 850 milhões de hectares em território brasileiro, apenas 5% estão ocupados com lavouras. O setor tem potencial para expandir, mas esbarra em burocracias e leis ambientais muito severas, que causam o entrave no segmento.

Foto: Ana Cláudia Capellari
Foto: Ana Cláudia Capellari

De acordo com uma pesquisa realizada pela Embrapa Monitoramento por Satélite, o País possui 61% de áreas nativas preservadas e de unidades de conservação, sendo boa parte localizada em zonas produtivas. Enquanto que na Austrália esse índice é de 17,5%; na China é 14,3%; nos Estados Unidos é pouco mais de 12%. Países como Rússia e Canadá mantêm a preservação nativa em torno de 9% e a Índia na casa dos 5%.

 

 

 

Texto originalmente publicado em:
AIBA – Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia

Deixe uma resposta