(54) 3632 5485 contato@destaquerural.com.br

Produção brasileira de soja deverá ficar em 106 mi de toneladas

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Nos últimos dias, projeções foram divulgadas indicando que os principais produtores mundiais de soja deverão colher safras recordes em 2016/17, ampliando a oferta mundial da commodity.

A produção brasileira de soja em 2016/17 deverá ficar em 106,085 milhões de toneladas, com aumento de 9,2% sobre a safra da temporada anterior, que ficou em 97,150 milhões de toneladas. A previsão faz parte do novo levantamento de SAFRAS & Mercado.

Na comparação com o relatório anterior, houve uma elevação de 2,5%. Em outubro, a estimativa era de 103,477 milhões de toneladas. “Os dois principais estados produtores do Brasil tiveram elevações em suas expectativas de produção, refletindo, principalmente, o bom desenvolvimento das lavouras até o momento. Tais elevações naturalmente impactam de forma importante o potencial produtivo do país. A safra brasileira é promissora”, disse o analista de SAFRAS & Mercado, Luiz Fernando Roque.

SAFRAS indica uma área plantada de 33,574 milhões de hectares, crescendo 1,2% sobre o total cultivado em 2015/16, de 33,015 milhões de hectares. A produtividade deverá passar de 2.943 quilos para 3.176 quilos por hectare.

A produção do Mato Grosso deverá passar de 27,558 milhões para 29,691 milhões de toneladas, com aumento de 8%. No Paraná, o aumento será de 7%, passando de 16,595 milhões para 17,831 milhões de toneladas. A safra gaúcha deverá totalizar 16,479 milhões de toneladas, com aumento de 1% sobre o ano anterior.

Já o relatório de dezembro do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) não trouxe alterações nas suas estimativas para o quadro de oferta e demanda americano em 2016/17. Os estoques foram mantidos em 480 milhões de bushels ou 13,06 milhões de toneladas. O mercado apostava em 472 milhões, equivalente a 12,82 milhões de toneladas. A safra permaneceu projetada em 4,361 bilhões, o equivalente a 118,68 milhões de toneladas.

As exportações foram mantidas em 2,050 bilhões de bushels. O esmagamento está projetado em 1,930 bilhão, também inalterado na comparação com o relatório anterior.

O relatório do USDA projetou safra mundial em 2016/17 de 338 milhões de toneladas. No relatório anterior, o número era de 336,09 milhões. Os estoques finais foram elevados de 81,53 milhões de toneladas para 82,85 milhões.

Deixe uma resposta