Brasil adere a iniciativas de conservação da natureza

Foto: Divulgação
Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

O Brasil irá aderir ao Desafio de Bonn e à Iniciativa 20×20, com uma contribuição voluntária para restaurar, reflorestar e promover a regeneração natural de 12 milhões de hectares até 2030.

Os ministros Sarney Filho e Blairo Maggi, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, chegaram a esse entendimento durante a Convenção das Partes sobre Diversidade Biológica (COP 13), que aconteceu em Cancún, no México.

Com o objetivo de dar maior escala aos esforços brasileiros de adaptação à mudança do clima, orientados pelo Plano de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (Plano ABC), Sarney Filho anunciou, na plenária da COP 13, que serão implementados, até 2030, ao menos 5 milhões de hectares de sistemas agrícolas que combinem agricultura, pecuária e floresta. Essas contribuições brasileiras serão contabilizadas desde 2005.

A contribuição voluntária do Brasil à Iniciativa 20×20 também inclui a recuperação de 5 milhões de hectares de pastagens degradadas até 2020, assim como outras tecnologias que visam ao aumento da resiliência da agricultura brasileira às mudanças do clima.

Para Sarney Filho, “a adesão do Brasil mostra que os dois ministérios estão  alinhados e atuando juntos na promoção do desenvolvimento sustentável do Brasil, como já ocorreu na ratificação do Acordo de Paris sobre a mudança do clima”.

Deixe uma resposta