Realizada em Passo Fundo reunião sobre demarcação de terras indígenas

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Encontro realizado no Sindicato Rural reuniu agricultores para discutir questões agrárias

Em reunião na tarde de segunda-feira (28), no Sindicato Rural de Passo Fundo, o Deputado Federal Luiz Carlos Heinze (PP) apresentou aos cerca de 30 produtores rurais da região presentes um balanço sobre as reuniões com o governo de Michel Temer (PMDB) sobre o processo de demarcação de terras indígenas no Rio Grande do Sul.

Heinze comentou que “a pressão sobre o governo está grande” e que tem feito constantes encontros com o Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para agilizar a situação de índios e agricultores no norte do RS e cobrar uma posição da presidência sobre os conflitos.

Foto: Ana Cláudia Capellari
Foto: Ana Cláudia Capellari

De acordo com o deputado “é necessário regularizar a situação dos índios para que os agricultores não sejam mais prejudicados”.   Heinze lembrou que na semana passada, em Sananduva e em Cacique Doble, índios atearam fogo em lavouras de trigo e aveia de agricultores. A ação culminou com a prisão de 11 pessoas, dentre eles três agricultores.  O deputado ainda comentou que “é preciso respeitar o Marco Temporal”. A tese do Marco Temporal sustenta que índios só teriam direito às terras efetivamente ocupadas em 05 de outubro de 1988, data em que a Constituição Federal foi promulgada.

Deixe uma resposta