(54) 3632 5485 contato@destaquerural.com.br

Chicago pressiona e soja tem poucos negócios no Brasil

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

mercado brasileiro de sojaO mercado brasileiro de soja teve uma semana de poucos negócios e de preços em baixa. A queda dos contratos futuros em Chicago prejudicou a movimentação, apesar da reação do dólar frente ao real. Os produtores centram as atenções no plantio da safra brasileira.

A saca de 60 quilos recuou de R$ 75,00 para R$ 74,50 entre os dias 27 de outubro e 3 de novembro em Passo Fundo (RS). Em Cascavel (PR), o preço baixou de R$ 74,50 para R$ 72,50.

Em Rondonópolis (MT), a cotação caiu de R$ 74,50 para R$ 72,50. Em Dourados (MS), o preço passou de R$ 70,00 para R$ 69,00. Em Rio Verde (GO), a saca =baixou de R$ 73,00 para R$ 72,00.

Os contratos futuros na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) forma pressionados pelo bom avanço da colheita nos Estados Unidos. Os americanos deverão colher a maior safra da história, estimada em 116,2 milhões de toneladas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

A posição janeiro encerrou o período acumulando desvalorização de 3,46%, passando de US$ 10,25 para US$ 9,89 ½ por bushel. O impacto negativo de Chicago foi amenizado pelo câmbio. O dólar subiu 2,5% na semana, em meio às preocupações com o resultado das eleições americanas, fechando a semana a R$ 3,236.

Deixe uma resposta