Chuvas beneficiam cultura do milho no RS

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

As chuvas ocorridas nos últimos dias, mesmo que intensas em determinados locais, melhoraram muito as condições das lavouras de milho do Rio Grande do Sul. De acordo com o Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (26/10), a germinação foi boa nas áreas plantadas no início de agosto, porém, apresentam desenvolvimento vegetativo menor para o período, comparando com anos anteriores.

As lavouras implantadas em setembro apresentam população baixa e plantas com desenvolvimento desuniforme. “Tal situação pode ser atribuída a determinados fatores que implicaram no estabelecimento não satisfatório de lavouras, como insuficiência de umidade no solo, sementes comercializadas de safras anteriores, provavelmente com baixo vigor, e sementes não padronizadas, o que dificulta a escolha do disco certo para a semeadura, influenciando no número final de sementes por hectare”, explica o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura.

Nas plantações mais adiantadas o controle das invasoras está praticamente concluído, faltando apenas em algumas áreas a segunda operação de adubação nitrogenada. O plantio chega, segundo a Emater/RS-Ascar, nesta semana a 74% do total projetado. Foi registrada pequena queda (1,48%) no valor médio negociado no RS para a saca de 60 kg do milho – R$ 40,51.

Deixe uma resposta