(54) 3632 5485 contato@destaquerural.com.br

Queda do dólar facilita ingresso de arroz importado

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Os preços do arroz em casca seguem oscilando ao redor de R$ 45,00 por saca na média do Rio Grande do Sul. Os grãos ofertados se restringem aos produtores com necessidade imediata em fazer caixa para saldar parcelas de custeio. “Aqueles que estão capitalizados voltam as atenções para os trabalhos de plantio e aguardam momentos mais atrativos para negociar no pico da entressafra”, explica o analista de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento.

No lado comprador, a indústria reclama da dificuldade em repassar a alta do grão em casca para o beneficiado. “Com o dólar em baixa, o arroz dos parceiros do Mercosul torna-se competitivo”, lembra Bento. Saindo entre US$ 430,00 e US$ 440,00 a tonelada (beneficiado) FOB origem, o produto importado chegaria ao CIF paulistano entre R$ 57,00 e R$ 59,00 por fardo de 30 kg. A indicação nacional na mesma praça está em R$ 62,00/fardo.

Por tudo isso, nesta quinta-feira (20) a saca do grão em casca foi cotada a R$ 49,11 na média do Rio Grande do Sul. Comparado ao mesmo período do mês passado apresenta queda de -2,19%. Em comparação ao mesmo período do ano passado a alta acumulada é de 21,7%.

Segundo informações da Emater/RS-Ascar, os produtores gaúchos de arroz seguiram com o plantio pelo menos até o sábado passado, quando o retorno das chuvas paralisou o serviço. Com isso, estima-se que 55% já tenham sido concluídos. A retomada dos trabalhos dependerá basicamente da paralisação da chuva, uma vez que, devido à intensidade e aos volumes registrados, causou a inundação de algumas áreas próximas a rios e arroios. É provável que algumas áreas devam ser replantadas, bem como refeitas as taipas devido à força da água. A preocupação dos orizicultores é a previsão de mais chuva para a próxima semana, o que provocaria nova interrupção do plantio.

 

 

Rodrigo Ramos/ Agência SAFRAS

1 comentário

Deixe uma resposta