(54) 3632 5485 contato@destaquerural.com.br

Brasil deve colher mais de 100 mi de t de soja em 2016/17

Destaque Rural | Portal do Agronegócio | Revista, Agricultura, Pecuária, Mercado

Porto Alegre, 7 de outubro de 2016 – O mercado ficou conhecendo nesta semana as mais recentes estimativas para a safra brasileira de soja em 2016/17. E as expectativas são favoráveis. Se tudo correr bem em termos de clima, o país deverá colher a maior safra da história.

A produção brasileira de soja em 2016/17 deverá ficar em 103,477 milhões de toneladas, com aumento de 6,5% sobre a safra da temporada anterior, que ficou em 97,150 milhões de toneladas. A previsão faz parte do novo levantamento de SAFRAS & Mercado.

Na comparação com o relatório anterior, houve um pequeno ajuste para cima. Em julho, a estimativa era de 103,364 milhões de toneladas. Segundo o analista de SAFRAS, Luiz Fernando Roque, houve revisão nos números de área do Paraná e do Mato Grosso do Sul.

SAFRAS indica uma área plantada de 33,537 milhões de hectares, crescendo 1,1% sobre o total cultivado em 2015/16, de 33,015 milhões de hectares. A produtividade deverá passar de 2.943 quilos para 3.101 quilos por hectare.

A produção do Mato Grosso deverá passar de 27,558 milhões para 29,240 milhões de toneladas, com aumento de 6%. No Paraná, o aumento será de 4%, passando de 16,595 milhões para 17,301 milhões de toneladas. A safra gaúcha deverá totalizar 16,098 milhões de toneladas, com queda de 1% sobre o ano anterior.

Conab

A produção brasileira de soja em 2016/17 deverá oscilar entre 101,862 milhões de toneladas e 104,022 milhões de toneladas, segundo o primeiro levantamento para a safra brasileira de grãos da Companhia Nacional de Abastecimento, avançando entre 6,7% e 9% sobre a temporada passada, quando foram colhidas 95,434 milhões de toneladas.

Para atingir esse volume, a Conab indica uma área plantada entre 33,442 milhões e 34,153 milhões de hectares, aumento entre 0,6% e 2,7% se comparado à última temporada, quando foram semeados 33,251 milhões de hectares. A Conab trabalha com uma produtividade média nacional de 3.046 quilos de soja por hectare, 6,1% superior à média de 2.870 quilos por hectare de 2015/16.

A produção do Mato Grosso, principal produtor nacional da oleaginosa, deve variar entre 28,903 milhões  e 29,189 milhões de toneladas, com alta de 11% a 12,1% sobre a safra do ano passado. No Paraná, a safra deverá avançar de 0,6% a 2,7%, somando 16,945 milhões a 17,291 milhões de toneladas. A safra gaúcha está estimada entre 15,557 milhões e 15,635 milhões de toneladas, recuando de 3,5% a 4,0%.

Agência SAFRAS

Deixe uma resposta